Costurar me faz bem

Costurar me faz bem

Sabe quando você busca uma atividade de prazer só sua? Aquele prazer de ler ou de colecionar algum objeto..
Algo que só tem importância pra você? (você acha isso)
Quando montei o Rainhas da Costura, pensei em ganhar dinheiro com algo que eu gostasse e soubesse fazer pra passar o conhecimento a diante. Nunca pensei em escrever blog, nem conteúdo, nada disso. Tem muita gente boa que já faz isso muito bem e começou bem antes que eu. Não costumo me comparar com ninguém, aliás começo tarde muitas coisas e não estou nem aí se estou ultrapassada no que estou fazendo pois o que me importa sou eu.
Gosto de costurar couro, tecidos e ultimamente venho bordando á máquina. Uma delícia. Comecei pois estava com a ideia de dar cursos e depois me apaixonei. Agora estou escrevendo pra ver se curto.
O que será que as pessoas querem ler, né? Querem aprender algo, querem desabafar, curiosidade…
Coloquei o título costurar me faz bem pois me faz mesmo. Esse momento é o momento que estou em paz sozinha e que estou montando um projeto ou fazendo bolsas (faço bolsas para vender).
Então faço, refaço, desisto, volto a fazer…
Então o tempo passa e muitas vezes melhor que uma terapia ou falar coisas desnecessárias com conhecidos. Momento seu. Faz bem pois para costurar não se gasta nada, só se ganha. Eu dou aulas de costura e ocupo meu tempo com esa atividade e as pessoas que fazem aulas comigo dizem que costurar faz bem a elas e a mim também pois me realizo vendo que passei a diante algo bom, que ajudou alguém em algum momento da vida.
Sempre gostei dessa atividade e quando eu era pequena, além da costura, gostava de brincar de pintar, bordar, e fazer coisas com as mãos para relaxar e o tempo passar. Por conta de padrões do que fazer quando se está dentro de uma empresa trabalhando com costura ou mesmo quando se imagina o que seria certo ou errado fazer, muitas vezes fiquei presa imaginando que isso iria contribuir para minha felicidade ou angústia naquele projeto.
Então solte-se pois o certo é aquilo que deu certo pra você e não importa o que o outro achou. Não saiu como o outro queria, ele que faça a diferença melhor que você, ué?
No final das contas meu compromisso é comigo.
Estas coisas básicas de fazer uma barra, costura Frances, Inglesa, barra isso ou aquilo e montar projetos, isso são bases para dizer fiz um curso básico e agora sei manusear as partes da máquina para começar.
Neste caso costurar me faz bem a medida que avanço nas etapas do aprendizado e do meu relaxamento.
Agregar coisas diferentes aos seus projetos de costura como bordar, acrescentar materiais novos e criar novas possibilidades ali é muito bom.
Costurar uma boneca, colocar um nome nela, remete a uma história sua e afinal de contas é isso, sua história como você quiser contar.
O mais importante é estar se sentindo bem, feliz. O resto tudo passa ou costura.
Excelente final da semana.

Eli

Deixe um comentário