Trabalhos com agulhas, lãs e linhas

Trabalhos com agulhas, lãs e linhas

Disseram que este inverno seria bem rigoroso. Ainda estamos esperando todo este frio mas como ainda está no começo as noites estão mais geladinhas (nem tanto) e bem no comecinho da manhã esta um frio de leve.

No Rainhas da Costura nossa professora de crochê e tricô Regina da suas aulas sempre vestida com um modelo que serve como vitrine do que ela ensina nas aulas. Vou colocar aqui algumas coisas para que vocês vejam.

Adoro crochê e tricô, quero muito sentar com a Regina e as alunas e começar a desenvolver minha criações mas com tantas coisas que surgem para ser feitas… É muito gostoso fazer estes trabalhos de linhas, lãs e agulhas pois sempre temos um tema para conversar com as amigas e porque não formar novas amigas, né? Tomar um chazinho com biscoitos e uma fatia de bolo…

São coisas simples de convivência que a internet ainda não proporciona se estivermos sozinhas ou sozinhos do outro lado da tela do computador. Até da para fazer cursos online mas o gostoso mesmo é esse compartilhamento de experiências, vivências e troca de informações que só estando junto pra saber e tirar dúvidas.

É terapia de amor total e ainda por cima relaxa a mente. Quem já fez sabe que estes trabalhos proporcionam isso em nós.

Colocação do vivo

Hoje vou falar um pouco desse ornamento que deixa a costura mais graciosa.

Para realçar uma costura ou obter um efeito decorativo, podem-se usar vivos simples ou com cordão. Existem á venda vivos prontos para aplicar, de espessuras diferentes e de várias cores no entanto, pode-se também fazer um vivo combinando com o tecido de uma determinada peça de vestuário ou para fazer ressaltar uma das cores de um tecido estampado.

Para fazer um vivo com cordão, você precisa de um cordão que não encolha e de uma tira de tecido em viés para forrar o cordão. Se você não encontrar cordão com a garantia de não encolher, ferva um cordão comum em água durante 3 a 4 minutos e deixe secar bem.

Para fazer a tira em viés para forrar o cordão, dobre o tecido em diagonal de modo a fazer coincidir a beira cortada e a ourela. Marque a dobra com alfinetes e depois desdobre o tecido e corte pelos alfinetes. Corte tiras de tecidos paralelas ao corte em diagonal; as tiras devem ter 4cm de largura.

Una as tiras colocando-as direito contra direito, de modo que as pontas formem um V. Costure á máquina pelo fundo do V a cerca de 0,5 cm da extremidade; abra a costura a ferro e apare os cantos que se projetam as margens da costura.

coloque as tiras ligadas com o avesso para cima e ponha o cordão no centro da tira. Dobre a tira unindo as beiras. Prenda as duas camadas de tecido com alfinetes e depois alinhave e costure á  máquina (o que é mais fácil se você colocar na máquina o pé calcador para zí­per. Tire os alinhavos.

Para colocar o vivo, alinhave a beira cortada do vivo com a beira do tecido. Em seguida, alinhave a beira do segundo tecido, colocando direito contra direito e alinhando as beiras. Costure á máquina o mais próximo possível do cordão, utilizando novamente o pé calcador para zíperes. Retire os alinhavos.

Se você tiver de unir as duas pontas do vivo (quando o coloca em volta de uma almofada, por exemplo, considere uma superposição das pontas de 1,5 cm).

Para unir as pontas, desmanche 1,5 cm da costura de uma das pontas e corte o cordão.

Dobre para dentro a beira cortada do tecido, assente-a sobre a outra ponta do vivo e costure com pontos pequenos.

Deixe uma resposta